top of page

PMI Industrial dos EUA Supera Expectativas e Indica Melhora na Atividade Manufatureira


O índice de gerentes de compras (PMI) da indústria dos Estados Unidos registrou um aumento significativo, passando de 47,6 em agosto para 49,0 em setembro, de acordo com o relatório divulgado pelo Instituto de Gerenciamento de Suprimentos (ISM). Esse desempenho superou as projeções dos especialistas, que previam um PMI de 47,8, apontando para uma recuperação na atividade manufatureira do país.*


Entre os detalhes do relatório, o subíndice de custos mostrou uma queda de 48,4 em agosto para 43,8 em setembro, enquanto o subíndice de novas encomendas apresentou um aumento, subindo de 46,8 em agosto para 49,2 em setembro. Além disso, a medição de produção avançou de 50,0 em agosto para 52,5 em setembro, indicando uma expansão na produção industrial.


O setor de empregos também viu melhorias, com o subíndice de empregos subindo de 48,5 em agosto para 51,2 em setembro. Por fim, o subíndice de estoques cresceu de 44,0 em agosto para 45,8 em setembro, sugerindo um aumento na confiança das empresas.


Esses dados reforçam a ideia de uma recuperação gradual na indústria dos EUA, mesmo em meio a desafios persistentes, como a inflação de preços.


Apesar dessas notícias positivas, a surpresa de um dado econômico acima das expectativas traz consigo preocupações para os mercados financeiros. Investidores temem uma possível aceleração nas taxas de juros nos Estados Unidos, que já estão em níveis elevados e podem continuar subindo. Isso poderia tornar os ativos de renda fixa mais atrativos em comparação com ativos de maior risco, como ações e criptomoedas.


Em resumo, embora o PMI industrial dos Estados Unidos tenha superado as previsões e indicado uma melhora na indústria, as implicações para os mercados financeiros e ativos de maior risco geram incertezas, especialmente em um contexto de potenciais aumentos nas taxas de juros.






9 views0 comments

Comments


bottom of page