top of page

Bitcoin pode enfrentar momento decisivo em 2023 com divulgação do CPI dos EUA essa semana



A semana que se inicia pode ser uma das mais decisivas para o Bitcoin em todo o ano de 2023, pois será divulgado um dado que pode mudar toda a perspectiva dos mercados de risco nos próximos meses. Nas últimas semanas, projeções ruins para algumas grandes empresas do setor de Tecnologia dos Estados Unidos provocaram uma grande correção nos mercados, e isso pode piorar nos próximos dias se o evento mais importante dessa semana não sair como esperado.


No dia 10 de agosto de 2023, quinta-feira, às 9h30 da manhã, será divulgado o CPI (Índice de Preço ao Consumidor dos Estados Unidos), que pode trazer uma surpresa desagradável caso venha acima da expectativa do mercado, que é de 0,2% de crescimento no mês de julho de 2023. Nos últimos meses, tivemos dados de inflação abaixo da expectativa, o que deixou os mercados animados com a possibilidade de um ciclo de alta de juros nos Estados Unidos acabar em breve, mas se os dados de inflação começarem a demonstrar crescimento, essa onda de otimismo pode acabar.


Durante o ano de 2022, os ativos de risco, incluindo as criptomoedas, se desvalorizaram à medida em que as taxas de juros dos Estados Unidos subiam. Em 2023, com dados de inflação cedendo, os mercados se animaram e subiram, mas isso pode mudar, pois nesse momento temos a taxa de juros mais alta dos últimos 22 anos nos Estados Unidos, e as últimas vezes em que tivemos taxas de juros tão altas ocorreram grandes crises como a da bolha.com e a do subprime em 2008.


Aumentar a taxa de juros é uma medida para controlar a inflação e fortalecer a moeda. Taxas de juros mais altas tornam os investimentos em renda fixa, como títulos do governo, mais atrativos, pois oferecem retornos mais altos e com menor risco em comparação com ativos de risco, como ações e criptomoedas. Consequentemente, os investidores tendem a migrar seus investimentos de ativos de risco para ativos mais seguros, o que pode levar a uma redução na demanda por ações e criptomoedas.


Além disso, a valorização do barril do petróleo Brent em mais de 13% durante o mês de julho de 2023 pode ter um impacto significativo na inflação dos Estados Unidos e nas expectativas de juros futuros, com consequências para os ativos de risco. O preço do petróleo é um componente importante nos custos de produção e transporte de bens e serviços em diversos setores da economia. Quando o preço do petróleo sobe, isso pode elevar os custos de produção, que eventualmente podem ser repassados aos consumidores na forma de preços mais altos para os produtos e serviços. Esse aumento de preços é um dos fatores que pode impulsionar a inflação. O Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, monitora de perto a inflação para tomar decisões sobre a política monetária, especialmente a taxa de juros. Se a inflação começar a subir significativamente, o Fed pode considerar a possibilidade de aumentar as taxas de juros para conter o crescimento inflacionário, o que pode ter implicações importantes para os ativos de risco, como ações e criptomoedas.

Comments


bottom of page