top of page

JPMorgan Prevê Aprovação de ETF de Bitcoin nos EUA até Janeiro de 2024

20/10/2023

No decorrer da última quarta-feira, 18, o banco JPMorgan divulgou um relatório onde prevê que a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, conhecida como SEC, dará sinal verde para um Fundo Negociado em Bolsa (ETF) de Bitcoin, com preço à vista, até o dia 10 de janeiro de 2024. Essa notícia tem avivado o entusiasmo no mercado de criptomoedas.


O JPMorgan destacou que a decisão da SEC de não apelar após a perda de um processo contra a Grayscale, referente à conversão de seu fundo em um ETF, sinaliza uma possível aprovação para os pedidos atualmente sob análise.


Analistas do banco afirmam que a probabilidade de aprovação está em ascensão, gerando otimismo entre investidores e impulsionando o valor do Bitcoin. Esta semana, a criptomoeda voltou a subir, aproximando-se dos US$ 30 mil, após um período estagnada nos arredores dos US$ 27 mil.


O JPMorgan ressalta que ainda não há um cronograma definitivo para a aprovação dos ETFs em análise, mas a expectativa é que ocorra antes do prazo-limite de 10 de janeiro, estipulado para a resposta da SEC ao pedido da Ark Invest.


Além disso, o relatório do banco sugere que a SEC pode optar por aprovar vários ETFs de Bitcoin simultaneamente, em vez de selecionar apenas um, a fim de evitar favorecer uma única gestora em análise. Essa estratégia assemelha-se à adotada para ETFs de futuros de Ether.


O JPMorgan avalia que a aprovação simultânea de múltiplos ETFs de preço à vista de Bitcoin será benéfica para os investidores, pois estimulará a competição entre gestoras, com o intuito de atrair clientes e capital, levando a uma disputa para oferecer taxas mais atrativas.


Uma das empresas que deverá ser pressionada a reduzir suas taxas devido a essa competição é a Grayscale, que, caso seu fundo seja convertido em um ETF, enfrentará considerável pressão para ajustar suas tarifas.

3 views0 comments

Commentaires


bottom of page